sexualidade e emoções

Tamanho do pênis – mitos e verdades PDF Imprimir E-mail
Ter, 28 de Fevereiro de 2012 02:32

O tamanho do pênis é alvo de grande interesse para muitas pessoas. Alguns consideram um pênis grande ser um sinal de masculinidade. Esse tipo, que se tornou com o passar dos tempos uma forma de insegurança e insatisfação de muitos homens, levou ao surgimento de muitas crenças erronias e a criação de uma indústria voltada para o alongamento desse órgão.

.

Atendo a muitos homens no meu consultório com disfunções sexuais e após algumas sessões colocam suas insatisfações e preocupações referentes ao tamanho do pênis. Sempre pergunto aos clientes se fizeram exame físico e, na grande maioria dos casos, alegam que o médico urologista respondeu aos pacientes que as dimensões do pênis estão dentro da normalidade.


Em muitos casos, a disfunção sexual que o cliente coloca na terapia, vem como consequência dessa insatisfação e constrangimento em relação ao tamanho do pênis, e se essa questão conflituosa não for trabalhada adequadamente na terapia sexual, não conseguirá superar a disfunção sexual que o trouxe no consultório.
Na grande maioria dos casos as insatisfações em relação ao tamanho do pênis estão relacionadas, principalmente no que se refere a uma auto cobrança numa performance perfeita diante da(o) parceira(o).


O cliente pode não ter um pênis grande como deseja em suas fantasias, mas,  segundo orientações médicas,  estão dentro da normalidade, portanto o cliente necessita trabalhar esses conflitos e inseguranças na terapia para que possa vivenciar satisfatoriamente sua sexualidade.

Medindo o pênis

Existem diferentes modos de medir o pênis. Um trabalho exclusivo do médico especializado. Primeiramente, o pênis deve estar ereto ao máximo antes da medição.
Não é muito confiável acreditar em informações próprias das pessoas referentes ao tamanho do pênis, já que os pacientes exageram ou são incapazes ou mesmos não estão dispostos a medirem o pênis corretamente, sem falar que os conceitos de “grande”, “médio” ou “pequeno” varia de pessoa para pessoa.

O comprimento é medido com a pessoa de pé e com o pênis paralelo ao chão. A medida do comprimento é horizontalmente ao longo da região dorsal do pênis, desde a origem (base) do pênis até a ponta.

A circunferência do pênis

A circunferência do pênis é medida usando-se uma fita métrica. É considerada como uma média da medida de três locais do pênis: logo abaixo da cabeça do pênis, no meio do corpo do pênis, e na base mais grossa.

Aumento peniano

Aumento peniano refere-se a técnicas que têm como objetivo aumentar as dimensões do pênis. De maneira geral, quando existe uma percepção da necessidade de aumento do pênis, a orientação de um médico especializado na área é de fundamental importância e segurança para estes casos.
Segundo Dr. Ricardo Lyra (médico andrologista dos hospitais São Marcos – Recife e Prontolinda –Olinda PE) nenhuma cirurgia ou método para alongamento estético peniano é totalmente aceita pela comunidade médica mundial, portanto: para que um método seja cientificamente aceito, necessita ser reproduzível em qualquer centro médico e população no mundo.

Comprimento de um pênis flácido

O comprimento de um pênis flácido não é necessariamente proporcional ao tamanho do pênis ereto. A sua irrigação sanguínea e a sua relação com as dimensões do pênis ereto variam de forma significativa entre indivíduos. Há registros de pênis flácidos que têm dimensões inferiores à medida que aumentam cinco vezes seu comprimento e duas vezes o seu diâmetro. Da mesma forma pênis flácidos acima da média podem crescer apenas 50% em comprimento quando em ereção.

Micro pênis

É a anomalia peniana mais comum entre homens. Possui um micro pênis aquele homem cujo pênis está a dois desvios padrão abaixo do tamanho esperado para a faixa etária, por exemplo, um adulto jovem com o comprimento peniano, em ereção, inferior a 9 cm é considerado portador de um micro pênis.


Muitas dúvidas surgem normalmente na adolescência e persistem durante a fase adulta do homem em relação ao tamanho do pênis.
Existe o tamanho e a largura ideais para o pênis? O que muita gente não sabe é que essas medidas dependem da(o) parceira(o) sexual.
A medida do tamanho do pênis brasileiro está na faixa entre 12,5cm e 14,5cm. Um pênis dentro dessa faixa é considerado de tamanho normal e provavelmente não terá problemas com seus parceiros sexuais.


Homens com pênis acima da média podem possuir mais “chances” com as mulheres por um mito que foi criado de que elas preferem  os “bem dotados”.
Os filmes pornôs exibem homens enormes que permanecem horas seguidas sem ejacular e a maioria que assistem a esses filmes acabam acreditando que é a relação sexual ideal.


A crença que leva o homem achar que seu pênis é menor que dos outros, abala a confiança masculina e diminui sua autoestima. Na maioria dos casos a insatisfação não vem da(o) parceira(o), mas sim do desejo do mesmo de possuir um pênis maior, seja por desconhecimento das dimensões normais, seja por comparações errôneas feitas com outros pênis, vistos em revistas e filmes eróticos, ou através de “vantagens” contadas por amigos.


O Homem costuma ser obcecado pela penetração, enquanto que a mulher é mais centrada nas preliminares. Mulher não reclama de tamanho do pênis. Mulher reclama de infidelidade, de indiferença, de falta de carinho e atenção, do egoísmo e a preocupação do parceiro em satisfazer a si próprio.
Muitos homens associam a ejaculação precoce, disfunção erétil e falta de desejo ao tamanho do pênis. No entanto, essa é uma associação totalmente equivocada. O que importa não é o tamanho e sim o contexto das carícias que se faz na parceira (o).


Não é verdade que o pênis grande dê mais prazer. O tamanho não interfere no prazer que ele sente e que gera, a menos que ambos estejam fixados negativamente nesta questão.


Semíramis Prado

 

SISTEMA REPRODUTOR MASCULINO

O sistema reprodutor masculino é formado por:
•    Testículos ou gônadas
•    Vias espermáticas: epidídimo, canal deferente, uretra.
•    Pênis
•    Escroto
•    Glândulas anexas: próstata, vesículas seminais, glândulas bulbouretrais



 

Enquete

Quais temas você gostaria de ler a respeito?