sexualidade e emoções

A IMPORTÂNCIA DAS PRELIMINARES NA SEXUALIDADE MASCULINA E FEMININA PDF Imprimir E-mail
Seg, 04 de Março de 2013 18:11

Muitas das queixas das mulheres em relação ao desempenho sexual dos homens vêm de sua total inexperiência e desconhecimento da importância das preliminares para a mulher na hora do sexo. .

Trabalhando a mais de 15 anos como terapeuta sexual, percebo este tema como um dos principais motivadores das disfunções sexuais femininas e masculinas.

Nas mulheres as preliminares são essenciais para uma relação sexual satisfatória. Infelizmente os homens estão mais focados no orgasmo, esquecendo que a parceria necessita de mais estímulos diversificados por todo o corpo, para que possa atingir um nível de excitação intenso e, consequentemente, o orgasmo.

Para as mulheres, o sexo, não é somente um ato físico, mas principalmente, um momento que envolve muitas emoções, portanto, o estado emocional que a mesma se encontra e a qualidade do relacionamento são questões fundamentais para se entregar plenamente ao prazer.

O ciclo de excitação do homem e da mulher são completamente diferentes. O homem precisa de poucos minutos para atingir seu pico de excitação, a mulher, conforme vários estudos, necessita de 15 minutos ou mais em média.

Este é o tempo necessário para que a mulher possa atingir um nível satisfatório de excitação para uma adequada lubrificação do aparelho genital e possa ser penetrada pelo pênis.

Muitas mulheres que se incomodam com dores na penetração, na maioria dos casos, a lubrificação é inadequada.

Uma vagina não adequadamente lubrificada dificulta a penetração do pênis, causando desconforto e dores na relação sexual. No momento em que a mulher começa a sentir dor, o processo de excitação se interrompe e, consequentemente, não atinge um nível de excitação necessário para chegar ao orgasmo.

Estas dores na penetração do pênis provenientes da falta de lubrificação adequada, persistindo ao longo dos meses e em muitos casos por anos, podem levar ao desenvolvimento de disfunções sexuais, como a diminuição do desejo sexual e o vaginismo, queixas muito frequentes no consultório de ginecologia e de terapia sexual.

A própria relação sexual do casal começa a se tornar limitada e menos prazerosa dificultando a harmonia no relacionamento conjugal.

Outra razão para estas atitudes masculinas em relação às preliminares é confundir preliminares sexuais com amassos e pegações sem tocar nos pontos eróticos da mulher.

Na cabeça da mulher as preliminares vão desde o jantar até os finalmentes.

Muitas vezes um beijo, um carinho especial, um abraço são mais excitantes do que um toque direcionado aos órgãos sexuais, sem afeto e emoção.

Quanto maior o nível de excitação nas preliminares, maior a intensidade do orgasmo feminino e masculino.

Conhecer o corpo feminino e suas áreas erógenas são de fundamental importância para o homem que deseja satisfazer sexualmente sua parceira.

É importante lembrar que não existe um padrão único de pontos eróticos masculinos e femininos, cada pessoa tem suas áreas de maior excitação que se diferenciam umas das outras.

O melhor amante é aquele que além de conhecer as necessidades sexuais do mundo feminino, percebe na sua parceira um universo a ser explorado, descobrindo ao seu lado o que é excitante para sua parceira e para si próprio.

Explorar os cinco sentidos são imprescindíveis numa relação sexual.

A pele, o cheiro, os sons, o visual e os sabores que são vivenciados no momento do ato sexual, necessitam ser explorados com emoção e criatividade.

Alguns pontos erógenos femininos

Pescoço, ombros, região das orelhas, pés e dobras dos joelhos e cotovelos, costas, virilhas, partes internas das coxas, bumbum e seios.

Alguns pontos erógenos masculinos

Peito, pescoço, costas, cabeça, pés, coxas, nádegas e testículos.

Conhecer seu próprio corpo e o corpo do(a) outro(a) é de fundamental importância na satisfação sexual do casal.

Os cuidados com o corpo, também são aspectos importantes que melhoram a auto estima e reflete diretamente na sexualidade.

Procurar fazer destes momentos algo especial para o casal, por isso os cuidados com a aparência, no sentido da higiene corporal, roupas e acessórios sexualmente estimulantes são ingredientes enriquecedores na hora do encontro sexual.

Estas orientações não são direcionadas apenas para casais heterossexuais, mas também são de extrema importância para os casais homossexuais, onde as preliminares não se diferenciam dos casais heterossexuais.

Procurar orientações através de livros de autores especializados em sexualidade humana ajudam muitos casais a melhorar sua vida sexual. Muitos casais também optam em assistir juntos vídeos eróticos na busca de estimular suas fantasias sexuais.

Para os homens, principalmente a partir dos 40 anos, as preliminares são de extrema importância para uma melhor qualidade e prolongamento do tempo de ereção. Em muitos casos, a dificuldade de muitos homens em manter adequadamente a ereção durante o ato sexual, ocorre por seu nível de ansiedade e a rapidez nas preliminares, objetivando de forma precipitada a penetração.

Esta forma de relação sexual é insatisfatória para o homem e a mulher. Quanto maior o nível de tensão e ansiedade, mais difícil será atingir um bom nível de excitação e consequentemente, a relação sexual se tornará um momento de conflitos, angústias e cobranças para ambos.

Outro ponto importante a ser visto pelos casais, que costuma acontecer normalmente nas relações de longos anos, é deixar que a rotina e o estresse do dia a dia dominem suas vidas, e consequentemente tornando este momento do encontro sexual menos frequente e com poucas preliminares para terminar mais rápido.

Alguns sintomas são determinantes a serem observados pelos casais:

• Falta de apetite sexual;

• Não vem sentindo tesão pelo(a) parceiro(a);

• Pensamento longe durante o ato sexual;

• Pressa para acabar logo.

Perceber certos sintomas de estresse, ansiedade e depressão são determinantes para a qualidade da saúde física e mental, procurando com brevidade a ajuda de profissionais especializados para realizar o tratamento.

Diante de problemas sexuais em que o casal está sentindo dificuldades em resolvê-los, procurar a ajuda de um especialista em terapia sexual é o melhor caminho no tratamento das disfunções sexuais.

Semiramis Prado

Psicóloga



 

Enquete

Quais temas você gostaria de ler a respeito?