sexualidade e emoções

Descobrindo Novas Formas de Fazer Amor PDF Imprimir E-mail

 

Você pode mudar alguns aspectos de sua vida sexual. O comportamento sexual costuma se tornar uma rotina, sem entusiasmo com o passar dos anos, geralmente porque nunca se parou para analisá-lo.

Muitos mantêm as relações sexuais sempre na mesma hora e da mesma maneira. Descobrir novas formas de prazer e de intimidade proporciona maiores sensações eróticas.

O ambiente agradável é outro aspecto importante a ser observado e organizado pelo casal. Ambientes diferentes do quarto do casal, conhecer hotéis da cidade onde reside e viajar sozinhos para uma maior intimidade e cumplicidade, podem ajudar muito em relação a um sexo mais prazeroso. Como também diálogo, atenção e carinho são fundamentais para um relacionamento conjugal satisfatório.

Diante de problemas sexuais e de relacionamento procurar um especialista para uma terapia de casal e sexual muitas vezes se faz necessário.

Viver os prazeres da sexualidade não tem idade. Os encantos dos contatos íntimos sexuais não são privilégio somente da juventude. O ser humano tem necessidades de afeto e carinho em qualquer fase da vida, independente de sua idade.

Desmistificar esta idéia errônea que ao longo da história da humanidade sempre esteve presente no imaginário da mente humana que, a pessoa após os 60 anos não sente ou não deveria sentir desejo sexual.

Independente das mudanças físicas decorrentes da idade, a mente humana continua elaborando e sentindo necessidades de viver novas emoções, o afeto, o amor e o prazer na sexualidade.

Semiramis Prado

 

.
 

Enquete

Quais temas você gostaria de ler a respeito?