sexualidade e emoções

Sexualidade na Terceira Idade PDF Imprimir E-mail

 

A cada dia milhões de pessoas no mundo atingem 60 anos. O que acontece com o sexo neste período da vida?

Muitas pessoas simplesmente concluem que tenha acabado. Pesquisas de Kinsey e as descobertas clínicas de Masters e Johsons demonstraram que pessoas idosas, relativamente saudáveis, que gostam de sexo, são capazes de aproveitar, até mesmo os de idade bem avançada. Já os que apresentam problemas sexuais podem ser ajudados.

O sexo e a sexualidade são experiências prazerosas e gratificantes, mas existe uma enorme complexidade psicológica.

Durante toda nossa existência carregamos o peso das nossas experiências sexuais, que foram moldadas por nossos pais, familiares, professores e por toda a sociedade de maneira positiva ou negativa.

Sempre encontramos pessoas que questionam se os idosos devem ter sexo. Será que esses idosos têm condições de fazer sexo?

Muitas pessoas ainda continuam com a imagem da vovozinha, quituteira, que vive na cozinha preparando alimentos para os familiares, ou sentada numa cadeira de balanço. Nossos avôs também têm as mesmas necessidades e desejos.

Uma mitologia alimenta essas informações erradas sobre a sexualidade após a idade madura. O que em um jovem seria chamado de sexualidade, em um velho é libertinagem.

A expectativa média de vida mudou nas últimas décadas, hoje um homem chega aos 60 anos com uma vida saudável e atraente em nossa sociedade.

Os homens são as principais vítimas da cobrança excessiva do desempenho. Os homens mais velhos se julgam e são julgados pela comparação da frequência e potência do desempenho sexual.

As mulheres enfrentam uma pressão menor em termos de desempenho, mas elas também se preocupam com as mudanças. Dificuldade na força muscular da vagina, problemas de dificuldades na lubrificação vaginal, algumas começam a sentir dores na penetração. A aparência física também repercute nos sentimentos de inferioridade e baixa auto-estima.

Nesta fase muitos problemas de relacionamento conjugal podem estar presentes e compromete diretamente na sexualidade do casal. Existe também, a inadequação sexual do casal, onde um dos parceiros mostra mais interesse sexual que o outro.

Na terceira idade acontecem mudanças significativas no aspecto físico e fisiológico do sexo e não havendo doenças e efeitos colaterais de alguns medicamentos, estas mudanças não costumam causar problemas sexuais.

O ato sexual é complexo, envolvem o corpo, a mente e as emoções.

Nas mulheres a menopausa pode provocar perda de desejo e depressão. Atualmente existem tratamentos adequados para esta fase da vida, portanto muitas mulheres sofrem apenas problemas físicos mínimos ou moderados.

Os homens começam a perceber que o desempenho sexual mudou em relação a sua juventude. A falta de conhecimento dessas mudanças leva os homens a interpretá-las erradamente.

O homem de mais idade, geralmente leva mais tempo para conseguir uma ereção. Entretanto, a qualidade de vida sexual dos homens na terceira idade vem melhorando diante dos recursos que a medicina atualmente vem proporcionando.

Semiramis Prado

 

.
 

Enquete

Quais temas você gostaria de ler a respeito?